Política do Sistema de Gestão

A missão da Floresta Jovem é a satisfação de clientes, dando cumprimento aos requisitos de todas as partes interessadas, prestando serviços que satisfaçam os requisitos especificados, os estatutários e regulamentares, acreditando que só desta forma estará a garantir a sobrevivência de ambas as empresas e a sua rentabilidade.
Para tal deverá ser preocupação de todos, Gerência, chefias e restantes pessoas assegurar que a Floresta Jovem possa:

  • Servir e atender ao cliente, buscando a permanente e máxima satisfação deste, apostando sempre na seriedade, transparência e rigor.
  • Adoptar como padrão de desempenho o fazer bem à primeira, cumprindo os prazos estipulados.
  • Melhorar continuamente a qualidade dos serviços, procurando reduzir ao mínimo as não conformidades.
  • Melhorar o desempenho, consciencialização e envolvimento, dos seus colaboradores reforçando a componente de formação como um meio de valorização.
  • Criar e promover internamente as melhores condições de segurança e saúde no trabalho, com a intenção de proporcionar a todos um bom ambiente e condições que propiciem e motivem um desempenho elevado.
  • Alcançar os melhores resultados operacionais e retorno do investimento.
  • Assumir o compromisso com todas as partes interessadas quanto à implementação, manutenção e revisão do sistema de Cadeia de Custódia assente nos requisitos das normas FSC® PEFC.
  • Controlar a origem do material florestal, promovendo a não utilização de matérias-primas das seguintes categorias:
    • A exploração madeireira ilegal ou o comércio de madeira ilegal ou produtos florestais;
    • Violação dos direitos tradicionais e humanos nas operações florestais;
    • A destruição de altos valores de conservação em operações florestais;
    • A conversão substancial de florestas em plantações ou uso não-florestal;
    • A introdução de organismos geneticamente modificados em operações florestais; como madeira controversa, também não são permitidas;
    • A violação de qualquer das convenções fundamentais da OIT, tal como definido na Declaração da OIT sobre os Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho (1998) e da Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas (2007). Salvaguardam os Requisitos Básicos de Trabalho do FSC®, nomeadamente a abolição efetiva do trabalho infantil, a eliminação de métodos de trabalho forçado e obrigatório, a eliminação da discriminação em relação ao emprego e ocupação e a liberdade de associação e direito à negociação coletiva;
    • A organização evita materiais provenientes de atividades insustentáveis, incluindo aquelas em que as áreas de alto valor ecológico não são identificadas, protegidas, conservadas ou reservadas; a gestão florestal não contribui para a manutenção, conservação ou melhoria da biodiversidade na paisagem, ecossistema, espécies ou níveis genéticos e a capacidade das florestas de produzir uma variedade de produtos lenhosos e não-lenhosos de forma sustentável não é mantida, ou explorada com níveis que excedem uma taxa que pode ser sustentada a longo prazo.
  • Cumprimento da legislação aplicável à organização, nomeadamente a matéria de saúde e segurança no trabalho.

A Gerência Floresta Jovem da compromete-se a fornecer os meios para alcançar os seus objetivos, sendo o principal órgão impulsionador para a implementação, divulgação, compreensão e gestão do Sistema de Gestão da Qualidade, contando com a participação e o total envolvimento dos seus colaboradores.

O Gerente
Rui José Matos

N.º da Licença de Uso da Marca PEFC/ 13-31-207
N.º da Licença FSC®C155061